Publicado em: 5/5/2010

Cruz Vermelha em Rondônia

De acordo com os esclarecimentos prestados pelo Prof. Manoel Theodoro, o núcleo da filial mato-grossense da Cruz Vermelha em Porto Velho atuará apenas pelo tempo necessário, até reunir condições de se transformar na filial Rondônia da Cruz Vermelha Brasil

Por: Sérgio Mello

s

 

A vice-diretora da FIMCA – Faculdades Integradas Aparício Carvalho, Dra. Maria Sílvia Fonseca Ribeiro de Carvalho, recebeu ontem (04) em audiência o presidente da filial de Mato Grosso da Cruz Vermelha Brasileira, Prof. Manoel Theodoro dos Santos Filho, que está em Porto Velho com o objetivo de implantar um núcleo da entidade em Rondônia.
“Neste primeiro momento estamos em busca de parceiras importantes como a FIMCA e a Faculdade Metropolitana, que muito podem contribuir para a consolidação do nosso projeto em Rondônia”, afirmou o visitante que estava acompanhado pelo diretor geral do jornal Nortão, Ricardo Júnior, e pelos coordenadores do núcleo em Porto Velho, Selmo Moura e Eliane Tavares.
Ao dar as boas vindas aos representantes da Cruz Vermelha, a Dra. Maria Sílvia garantiu que a FIMCA e a Faculdade Metropolitana prestarão todo o apoio necessário para que a instituição de socorro voluntário se instale em Rondônia. “O trabalho meritório que a Cruz Vermelha presta é reconhecido em todo o mundo e merece, de mossa parte, todo o apoio institucional de que precisar. Vamos mobilizar desde já nosso corpo docente e a comunidade acadêmica, para ajudar a arregimentar voluntários em Porto Velho e no interior do Estado”.
De acordo com os esclarecimentos prestados pelo Prof. Manoel Theodoro, o núcleo da filial mato-grossense da Cruz Vermelha em Porto Velho atuará apenas pelo tempo necessário, até reunir condições de se transformar na filial Rondônia da Cruz Vermelha Brasileira.
A Cruz Vermelha Brasileira
A Cruz Vermelha Brasileira, fundada em cinco de dezembro de 1908, tem sua sede no estado do Rio de Janeiro. É uma sociedade de socorro voluntário, civil, sem fins lucrativos, de natureza filantrópica.
A Cruz Vermelha Brasileira possui atualmente 50 filiais, sendo 17 estaduais e 33 municipais, que, apesar de desenvolverem algumas atividades similares, adaptadas aos diferentes contextos regionais, seguem a mesma diretriz, cujo objetivo é prevenir e atenuar os sofrimentos humanos com toda a imparcialidade, sem distinção de raça, nacionalidade, sexo, nível social, religião e opinião política.

Veja os cursos que a Fimca oferece!

Parceiros:

parceiros

Faculdades Integradas Aparício Carvalho - FIMCA

Todos os Direitos reservados - 2009